Observatório Alviverde

08/03/2015

A ÚNICA COISA BOA DA ESCALAÇÃO DO MISTÃO FOI MOSTRAR QUE OSWALDO ESTÁ CERTO E A PARTE DA TORCIDA E DA MÍDIA QUE O CRITICA, REDONDAMENTE ENGANADA!

Image result for palmeiras x bragantino

Eu sei, antecipei -todo mundo sabe- de quem partiu a idéia de jerico que levou o Palmeiras a se arriscar, desnecessariamente, e usar um time misto contra o Braga: de alguns setores da mídia!

Tive o desprazer de acompanhar, em programas de TV, -quinta e sexta-feira-, discursos de aconselhamento a Oswaldo, instando-o a escalar um mistão contra o Braga.

O objetivo seria "descansar" o elenco, após o "imenso sacrifício" decorrente da "conturbada" volta da viagem a Vitória da Conquista, via Ribeirão Preto. É preciosismo (frescura) demais para o meu modesto entender e a minha maneira antiga de ler futebol!

Quando atuantes curintianos, bambis e sereias da mídia (só os cronistas ditos palmeirenses cultivam ser isentos) aplacam (aparentemente) a ira, aliviam as críticas, abrandam as censuras, maneiram nas críticas e aconselham o clube a poupar jogadores, existem motivos que os levam a agir assim.

No fundo, no fundo, os caras não estavam (nem estão) mais suportando as quatro vitórias sequentes do Palmeiras no Paulistão, 3 x 0 Rio Claro, 1 x 0 São Bento, 2 x 0 Penapolense,  2 x 0 Capivariano, pois perderam de vista o "saco de pancadas". Com o 1 x 0 de ontem, já são cinco vitórias em sequência e isso é letal para eles.

Vejam como são sectários e sem-vergonhas, muitos deles. Após a goleada do Palmeiras sobre o Vitória da Conquista, que determinou a eliminação útil, desejável  e precoce do adversário baiano, logo no primeiro jogo, muitos usaram câmeras e microfones para afirmar que o Palmeiras houvera sido "otário" de matar o jogo na Bahia, pois poderia ter um jogo de volta que renderia, por baixo, um milhão e seiscentos mil reais aos cofres do clube.

Pois, coincidentemente, essas vozes que queriam que o Palmeiras jogasse mais uma vez, arriscando-se a uma zebra, por uma renda que não resolveria os problemas financeiros do clube e nem o tornaria mais rico ou mais pobre, não se preocuparam nunca, se o Palmeiras iria ou não ter de mobilizar o elenco durante quase uma semana visando a um jogo desnecessário. 

Quem são eles para dizer, em seguida, que o time tem de se poupar e que não devia entrar com os titulares contra o Braga?

Como se nota, não houve um pingo de sinceridade quando falaram em o Palmeiras poupar jogadores, pois fica muito claro que o que eles desejavam, ardentemente, é que a série de vitórias do Verdão no Paulistão fosse seccionada, interrompida.

De nada adiantaram tais elocubrações, pois o Verdão, ainda que com sacrifício e com um time desentrosado, conseguiu jogar melhor que o adversário, mesmo que sem a necessária profundidade ofensiva que o levasse aos gols.

O importante é que o time venceu e sustentou a boa série de vitórias,  importantíssima,  pois tem proporcionado ao time o espírito de vencedor. É com isso que eles querem acabar.

Oswaldo, num primeiro momento, conforme publiquei, ontem, recusava-se a poupar os jogadores e esse era o caminho certo. O velho ditado que diz "que em time que está ganhando não se mexe", nunca foi tão pertinente e atual.

Inexplicavelmente, de uma hora para outra, não se sabe porquê, talvez premido por forças ocultas, ele mudou de posição e acabou cedendo. 

O Palmeiras, time ainda em formação, que, sequer, conseguiu escolher os onze titulares,  não pode ficar dando-se a esse tipo de luxo!

A partir daí, desnecessariamente, correu riscos, entrando em campo para enfrentar o Bragantino, representado por um incerto mistão.

Teria sido por livre e espontânea pressão de Alexandre Mattos que Oswaldo capitulou? É possível, é possível! 

Pois fiquem todos sabendo que Mattos, conquanto profissional e inteligente, é novo, não é o dono da verdade e tem muito a aprender, ainda, nessa intrincada matéria que se chama futebol.

A tese de poupar jogadores, servilmente copiada pela mídia ao futebol europeu, virou febre e tomou conta do futebol de São Paulo.

O assunto está na boca de nove entre dez  jornalistas, como um discurso pronto para os clubes que disputam, paralelamemte, duas competições.

A turma da mídia quer fazer dele um paradigma de comportamento para as equipes disputam torneios concomitantes, quem sabe para sonhar que está cobrindo um jogo do Barcelona ou do Real Madrid.

Antigamente quem participasse da imprensa, tinha como objetivo cobrir um Palmeiras x Curintia, um Fla/Flu, um Grenal ou os clássicos que envolviam os chamados grandes do futebol brasileiro...

Porém, a submissão cultural, que extrapolou todos os limites, já chega, ao ponto de os caras terem como objetivo cobrir os jogos que ocorrem na Europa. Sem saber bem porquê, de repente ocorreu-me a idéia  que tem viagem internacional e diária em euros.

De há muito que o futebol brasileiro, via de consequência, não passa de coadjuvante no cenário mundial, pois perdeu as suas raízes e a própria identidade. Mas se esquecem, todos, que o futebol sul-americano, entre os quais o brasileiro, faz a força e o prestígio do futebol europeu, circunscrito  a uma ou duas equipes de ponta em cada país.

Foi-se a época, no Brasil, em que os times eram grandes e sabíamos de cor as suas escalações. 

Que time do Palmeiras, em todos os tempos, ganhou mais do que este?

 Leão, Eurico, Luiz Pereira, Alfredo e Zeca. Dudu e Ademir. Edu, Leivinha, César e Nei, mais o maior reserva da história do futebol brasileiro em todos os tempos, Fedato.

Com Brandão, não tinha essa de poupar ninguém, a não ser um ou outro jogador, em situações especialíssimas.

E, no entanto, esse time, coletivamente o melhor da história recente do Palmeiras, está longe de ser, do ponto de vista técnico-individual, o melhor, desde que me conheço por gente, da década de 50 aos dias de hoje.

A primeira academia, Valdir, Djalma Santos, Djalma Dias, Valdemar e Scotto. Zequinha e Chinesinho. Julinho, Américo Murolo, Vavá e Rinaldo (entre várias formações) foi melhor, tanto e quanto o time montado por Otacílio Ferreira e treinado por Luxa, da década de 90, cuja escalação nem é necessário repetir.

Qual foi, então, o segredo do time de Brandão? Simplesmente, o entrosamento!

Como se adquire entrosamento? Simplesmente jogando junto o maior número de vezes e pelo maior tempo possível, definidas, primeiro, as individualidades do time que se quer treinar.

Ontem, contra o Braga, o Palmeiras, simplesmente, perdeu tempo.

É bem verdade que foram dadas as devidas oportunidades a vários jogadores, mas nenhum deles evidenciou em campo que é melhor do que o titular de sua posição, o que nos leva, por dever de consciência,  a referendar as escolhas de Oswaldo, até agora.

João Pedro, que eu tanto gostaria de ver no time principal, jogou mais do que Lucas, ontem, no contexto do time e na dualidade apoio e defesa ? Não!

Victor Ramos jogou mais do que Tôbio? Não!

Jackson esteve bem, mas está longe de ser um Vitor Hugo!

João Paulo esteve muito bem, mas não teve o trabalho reconhecido, ontem, contra o Braga e nem terá.

É claro que com Zé Roberto o setor fica mais bem servido e até com Victor Luís fica melhor, mas o garoto da base só será lateral emergencialmente, visto que Oswaldo o enxerga como mais um meio-campista.

Não tenham dúvidas de que a sina de João Paulo, por melhor que se apresente, será a de suceder Luan e Rivaldo (o genérico) como o novo Judas Iscariótis do Palmeiras. Maicon Leite vai, por enquanto, vai lhe fazer companhia.

Em relação ao meio de campo, não existe qualquer dúvida de que os titulares, Gabriel, Robinho, Allione e Arouca (quando chegar ao ponto) fazem um setor muito mais forte do que Amaral (Victor Luís), Renato, Zé Roberto e Rafael Marques.

Em relação ao ataque, como comparar Dudu e Cristaldo (ambos, cada dia se entendendo melhor) com Maikon Leite e Leandro Pereira?

Aliás, Maikon Leite, completamente sem confiança, é um atleta que, apesar de seu grande potencial, já está completamente queimado pela torcida.

O Palmeiras deveria negociá-lo assim que surgisse um bom negócio, porque a torcida não vai proporcionar condições psicológicas para que ele se recupere e venha a render satisfatoriamente.

Em resumo, a tese de poupar jogadores que a mídia, simplesmente, copia do que vê na TV, do futebol europeu, mostrou que não se aplicava, ontem, ao Palmeiras.

Além de arriscar-se a perder pontos há que se considerar que o Palmeiras ainda não garantiu a classificação e terá de lutar para ter mais pontos do que os adversários visando às vantagens das próximas fases do Paulistão.  

Fossem os bambis ou os gambás, a tese seria, até certo ponto, útil e factível, haja vista o grau de dificuldade, muito maior, que essas equipes enfrentam em longas viagens e confrontos internacionais.

Ainda assim os técnicos dessas equipes poupam, pontualmente, apenas alguns jogadores mais veteranos ou aqueles que mereçam cuidados especiais.
 


Aliás, se mal pergunto, por que a mídia não fez campanha para que o Santos, (que a exemplo do Palmeiras disputa a Copa do Brasil e será nosso adversário quarta-feira), poupasse o time titular no jogo de hoje contra o Botafogo que, por sinal, será na "longínqua" Ribeirão Preto? 

Ou só o Palmeiras desconhece que existem as vias Anhanguera e a Washington Luiz e retorna a São Paulo por estradas vicinais?

O que se pode dizer, ao final de todo esse embrulho é que ficou muito claro que duas lições podem ser tiradas, a propósito do desnecessário jogo de ontem em que o Palmeiras lançou em campo um time misto:

primeira: Oswaldo está certo! 

Até que experimente Valdívia e Xavier os jogadores que escolheu para a titularidade provaram que são os melhores.

segunda: Gabriel de Jesus tem condições de entrar no time principal!

Independentemente do que afirma a mídia e a parte elitista da torcida do Palmeiras, Gabriel de Jesus tem de jogar sem essa de que ele pode se queimar.

O Palmeiras precisa aprender com os times mineiros que lançam os jogadores novos sem receios ou medos e, em razão disso, colhem, sempre grandes frutos.

Gabriel de Jesus, em pouco tempo, poderá ser o homem de área que não temos há tanto tempo e com o qual tanto sonhamos. (AD) 

NA TV

Excelente a transmissão de Linhares Júnior, que supera, muito, o titular do Sportv

Linhares foi preciso no relato o tempo todo e proporcionou um audiovisual que deixa o telespectador satisfeito e realizado. 

Um conselho: ele precisa se cuidar porque as vezes acelera a narração (ele está fazendo tv, não rádio) até em jogadas que ocorrem no meio de campo. Não pode dar uma de Téo José!

Não citou o Cu-rintia nenhuma vez (isso é raro) por não haver notícias que justificassem qualquer menção e respeitou o torcedor do Palmeiras o tempo todo.

Se o Sportv (eles não vão fazer isso nunca) deixasse Linhares como locutor oficial dos jogos do Palmeiras, ou o colocasse para narrar a maioria deles,  aplacaria, em parte, a raiva da torcida palmeirense em relação à Globo.

André Hernan esteve bem nas reportagens e deu até uma boa informação sobre Valdívia. 

Muitos não gostam desse repórter, mas devo dizer que o respeito, porque ele não faz perguntas óbvias e age com os curintianos, sãopaulinos e santistas da mesma forma que age em relação aos palmeirenses.

Noriega foi pouco acionado, mas, como sempre, esteve bem na análise do jogo. 

Discordo, frontalmente, de sua tese de N-E-C-E-S-S-I-D-A-D-E de poupar jogadores por alguns motivos (nem todos são direcionados a ele) expostos na postagem! (AD).

PS: material postado com pressa, sem copydesk

25 Comentários:

  • Às 8 de março de 2015 11:28 , Anonymous jj disse...

    SÃO TRÊS FRENTES DE BATALHA: PAULISTÃO
    COPA DO BRASIL E BRASILEIRÃO.
    NOSSO TREINADOR TEM QUE TER MESMO JOGO DE CINTURA PARA ESCALAR NA MEDIDA DO POSSÍVEL CADA UM DOS 35 JOGADORES.

    AGRADAR A GREGOS E TROIANOS ESSA É A
    POLITICA CORRETA A SER ADOTADA NUM
    ELENCO TÃO NUMEROSO.

     
  • Às 8 de março de 2015 11:53 , Anonymous VERDE SEMPRE disse...

    Não tinha que poupar ninguém, temos que ganhar entrosamento e aqueles que por ventura não se sentissem em condições de jogo que falassem ao técnico, assim assistimos a um jogo horrível com adversário pior ainda, me fez lembrar 2014, que coisa absurda, de positivo vimos que João Pedro tem que ser titular e Victor Ramos superior ao Tóbio. De negativo que Maikon necessita de confiança pois tecnicamente é limitado, João Paulo é reserva de Victor Luís. A mídia é sem vergonha e fdp, dão palpites em tudo, de qdo o Gabriel deve ou não entrar, isto cabe ao técnico decidir...que eles vão todos para pqp!! Agora, uma coisa de se tirar o chapéu é a torcida do verdão com quase 30 mil torcedores apesar da chuva!!! Alguém duvida do nosso sucesso??
    Avanti Palestra!!!!

     
  • Às 8 de março de 2015 11:57 , Anonymous Palmeiras todo dia disse...

    Imprensa mais uma vez quer atravessar o caminho, como pode quererem palpitar se deve ou não colocar o Gabriel, qual é a melhor ocasião e como deve ser feito. Jovem Pan ontem comentou muito isto, são safados e fdp, desconhecem tudo do verdão, quem tem autonomia sobre o menino é o técnico e isto cabe tão somente a este, imprensa tendenciosa e tranqueira, não valem nada!!!

     
  • Às 8 de março de 2015 11:59 , Anonymous VERDE ROXO disse...

    Pelo feito ontem, realmente, desconhecem o regulamento, como por time que não vem jogando para passar raiva como passamos, nem vou dizer sufoco pois time do interior é coisa de louco, quase nos equiparamos. João Pedro fez excelente partida, não pode ser reserva do Lucas, só quem não sabe nada de futebol pode admitir tal fato. Torcida mais uma vez show, só não teve ainda maior número dado a chuvas, foi uma pena, más mesmo assim lindo de se ver e sentir o ambiente de euforia e energia positiva no Allianz Parque.

     
  • Às 8 de março de 2015 12:03 , Anonymous Palmeiras todo dia disse...

    JOGO HORRÍVEL, VERGONHOSO, DE BOM PARA MIM, TÃO SOMENTE A TORCIDA QUE APESAR DA CHUVA PÚBLICO ACIMA DE 29.000 PESSOAS.
    ESTE TÉCNICO QUER BRINCAR COM O ENTUSIASMO DO TORCEDOR, NA VERDADE VEIO EM MINHA MEMÓRIA O TIME DO ANO PASSADO, DAI-ME PACIÊNCIA.
    DE NOVO...NÃÃÃÃÃÃOOOOOOO!!!!!
    O.O. VAI BRINCAR LONGE DO PALMEIRAS!!

     
  • Às 8 de março de 2015 12:10 , Anonymous victor tredenski disse...

    BAMBIS DEVNDO SALARIOS

    E DIREITOS DE IMAGEM

    HÁ 3 MESES

    E A IMPRENSA Ó

    ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ
    ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ
    ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

     
  • Às 8 de março de 2015 12:34 , Anonymous VERDE ROXO disse...

    Victor, este assunto é proibido ser comentado não só dos bambis como também dos gambás, a pouco tempo estavam devendo 13º e conselheiro emprestou dinheiro, alguém ouviu isto ser veiculado?? Vão falar sabe de quem?? Isto mesmo...do "Mago" ou da mãe dele.!!! São todos hipócritas e safados para não dizer fdp mesmo!!

     
  • Às 8 de março de 2015 12:59 , Anonymous Marco disse...

    Uma mentira que a imprensa tentar impor é que esta fase do campeonato não vale nada.
    Quem tiver melhor campanha terá vantagens na semifinal e na final.

    As semifinais serão:
    1º Campanha x 4º Campanha
    2º Campanha x 3º Campanha

    O mando de campo na partida única da semifinal será do time de melhor campanha, sendo assim, terminar à frente do rival pode significar a classificação.
    Na final, joga a segunda partida em casa, o time de melhor campanha em todas as fases anteriores.

    Portanto, não ficar à frente dos rivais nessa fase poderá implicar na perda do campeonato.

     
  • Às 8 de março de 2015 13:21 , Anonymous Nei Verde disse...

    -Um absurdo O O.mudar um time que esta em formação, foi idiotice, a base que já se estabelece tem que ser mantida na medida do possível, jogador para ser testado , tem que deixar no banco, e entrar mediante as situações de cada jogo.

    - Outra coisa que esta acontecendo claramente, é que os malditos da imprensa, estou numa batalha para que a NOBRE diretoria não reforme com o MAGO, assim como tem torcedores idiotas, inocentes espero que nossos mandantes não caiam nessa besteira, se o problema for salario, mande mais uma meia duzia embora..!

     
  • Às 8 de março de 2015 15:21 , Anonymous VERDE SEMPRE disse...

    Nei, pelo que estou percebendo, o O.O. já deveria ter feito uma pré seleção dos que vão ser aproveitados daqueles que poderiam procurar outras equipes, até agora nada disso foi feito, temos um exército de atletas, é um absurdo!!
    Renovar com Mago é prioridade desde que nas condições do clube, pois é craque e como tal faz falta a qualquer clube...disse "qualquer" clube!!!

     
  • Às 8 de março de 2015 15:42 , Anonymous VERDE SEMPRE disse...

    Nem estou acreditando, Mago retornou e com ele nossa esperança de um time com a qualidade que desejamos. Alguém duvida que teremos o melhor elenco no futebol brasileiro? EU NÂO
    Vejam isto:
    Sem descanso, Palmeiras volta aos trabalhos com Valdivia e titulares
    Atletas que atuaram menos de 45 minutos contra o Bragantino participaram de um coletivo na Academia de Futebol. Recuperado, chileno trabalha normalmente
    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/2015/03/sem-descanso-palmeiras-volta-aos-trabalhos-com-valdivia-e-titulares.html

     
  • Às 8 de março de 2015 19:01 , Anonymous Marco disse...

    O Cruzeiro perdeu os dois principais jogadores de meio de campo e com isso diminuiu muito a força do seu time. Com a equipe completa, seria o mais forte candidato ao título brasileiro.
    Imaginem o Palmeiras, por influência da imprensa ou pela pressão infantil de parte da torcida, perder o melhor meia que atua no Brasil para um time que será seu concorrente direto ao título nacional!!!

    No futebol brasileiro temos exemplos de contratações de jogadores por equipes que disputam títulos para que seus concorrentes diretos não se reforcem. O velho Luxa, quando estava em times com dinheiro, era mestre nessa estratégia. Caso o Palmeiras queira realmente disputar títulos e não apenas participar, precisará ter noção e malícia sobre como é a concorrência no futebol, coisa que parte da nossa torcida não tem e que a imprensa sabe explorar. A campanha em curso para a não renovação do Valdívia não tem nada inocente. Como ficará esse time do Palmeiras com Cleiton Xavier e Valdívia juntos, além dos jogadores que começam a mostrar resultados?

     
  • Às 8 de março de 2015 20:21 , Anonymous Anônimo disse...

    Parte de nossa torcida prejudica ao próprio time. Valdívia é o toque de qualidade que nos deixará próximo de títulos. Comparem o Mago com Wesley e PH Cisne. O Mago no DM ainda sim contonua um ótimo custo x benefício. É loucura, mas é a pura verdade.

    Quanto ao que o AD falou, senti que o palmeirense cria pré-conceitos que são difíceis de tirar. Para mim, os laterais da base foram mal. V. Luís nem há discussão, embora desde o Dorival tem jogado como volante. O J. Pedro não acertou os cruzamentos, coisa que sendo isento, os odiados M. Leite e J. Paulo têm acertado.

    Outro execrado que foi bem, V. Ramos, foi o melhor da partida. O Zé, que muitos querem no meio, foi discreto, assim como o Arouca que merece tempo para encaixar.

    Essa partida não serve muito de base porque o time reserva é bem inferior e igualmente desentrosado ao titular. Alguns nomes podem ocasionalmente entrar bem no time titular, mas não são tão melhores.

    O G. Jesus tem condições de ser nosso centroavante titular. Que agora ao menos tenha chance de entrar alguns minutos, isto é, que possa brigar pela posição.

     
  • Às 8 de março de 2015 20:33 , Anonymous jj disse...

    CARAMBA SE NÃO FOSSE O OBSERVATÓRIO
    ALVIVERDE EU NÃO SABERIA QUE OS BAMBI
    TÃO COM SALÁRIOS E DIREITOS DE IMAGEM
    ATRASADOS!

    MALDITA IMPRENSA CHUPAULINA E GAMBÁ FOSSE O PALMEIRAS ERA NOTÍCIA DE PRIMEIRA PAGINA COM LETRAS GARRAFAIS.

     
  • Às 8 de março de 2015 21:03 , Blogger Alexandre Correia disse...

    Temos o Leandro que engana, e agora o Leandro banana, ambos 4 anos eternos de contrato.
    Se o Gabriel de Jesus tivesse começado como titular do Palmeiras, produziria muita chances de gols, o moleque meteu uma de três dedos na bola que a décadas não se via, recebeu uma pancada e chutou a gol.
    Agora, o Banana é lento, perde muita bolas em seus domínios, esse e o Renato pode dar a mão.

     
  • Às 8 de março de 2015 21:40 , Anonymous Marco disse...

    Quando o Leandro, da Chapecoense, estava para ser contratado pelo time da marginal, não existia, ninguém sabia do apelido de banana.
    A partir do momento que o Palmeiras contratou o jogador surgiu o apelido. Coincidência!!!!!
    Esse jogador foi contratado com o dinheiro que seria pago pelo Henrique. Então, vale a pergunta, que é melhor, Leandro ou Henrique?
    Pelo pouco tempo que está no Palmeiras e jogando sem Valdívia, situação que o Henrique teve por vários jogos, ainda não é possível comparar.
    O máximo que podemos dizer é que este jogador participou das jogadas nos últimos quatro gols marcados pelo Palmeiras, mas mesmo pelo lado positivo, é cedo para uma avaliação.
    Quando o meio de campo do Palmeiras estiver completo e entrosado e isso não deve demorar muito tempo, poderemos analisar com mais propriedade o centro avante Leandro PEREIRA.
    Lembro também que o jogador avaliado até o momento como a melhor contratação deste ano, o meia (ou segundo volante) Robinho foi tratado como contratação Pereba por integrantes de fóruns e blogs da “Mídia Palestrina”. Tem muito torcedor que adora a palavra Pereba para desmoralizar que veste a camisa palmeirense. Robinho, jogador vindo do Coritiba foi visto como Pereba!
    O Palmeiras tem hoje mais de 30 jogadores no elenco, várias contratações que darão várias opções ao treinador, basta que o time tenha o tempo necessário para se ajustar, como acontece em qualquer clube do mundo, mas no Palmeiras o jogador começa a ser julgado e muitas vezes rotulado antes de entrar em campo. O Palmeiras passa por um processo muito semelhante ao feito no Cruzeiro, que se tornou bicampeão brasileiro.

     
  • Às 8 de março de 2015 22:21 , Blogger Alexandre Correia disse...

    Marco, concordo com o seu raciocínio, na minha modesta opinião o Palmeiras não poderia ter feito contrato longos como "promessa" exemplo os Leandros, o Felipe Menezes, que foi jogar no goiás, o Palmeiras fez 4 anos de contrato, Mendieta, jamais o Palmeiras pode ficar pagando salários a esses jogadores que vestiram camisas bem mais "leves" que a do nosso querido Palmeiras.

     
  • Às 8 de março de 2015 22:42 , Blogger Alexandre Correia disse...

    Se o Piloto de Rally, tivesse feito contrato de 5 anos com o Alan Kardec , hoje jogado no banco de reservas do SPFW, seria a última peça fundamental, pra sermos campeões de tudo, esse ano, mas o Palmeiras não acertou o seu "matador", tenho esperanças no Rafael Marques, tecnicamente muito bom.

     
  • Às 8 de março de 2015 23:06 , Blogger Miguel disse...

    Peraí pessoal! Tanto faz quem vai jogar, é o Palmeiras que está representado. E mesmo assim esses clubes do Interior estão pela hora da morte de tão ruins, não metem medo em ninguém. O negócio é pegar esses peixes fedidos com time completo e sem problemas de contusão desnecessária. Eu quero vencer! E temos que usar todas as armas que pudermos, e se tiver que poupar para enfiar uns robalos no Rogério falador, ex-goleiro em atividade, então vamos nessa mesmo e que se dane. Time campeão tem que ter elenco de titulares e reservas, e não se esqueçam que o Luxa fez isso muito nos anos 90 e sempre dava certo!

     
  • Às 8 de março de 2015 23:10 , Blogger Miguel disse...

    Acabei de ouvir um diretorzinho do SPFW falar que os direitos de imagem estão atrasados mesmo mas que nos próximos quinze dias tudo estará acertado. MENTIROSO! O Carlos Vaidar disse na semana passada que a coisa está feia, agora tudo vai se acertar? Será que a mídia puxa-saco vai cobrar como nós cobraremos?

     
  • Às 9 de março de 2015 00:18 , Blogger Luiz Souza disse...

    Rádio Globo divulgou ontem que são dois meses de direitos de imagem atrasados. Sempre viveram à beira da insolvência.

     
  • Às 9 de março de 2015 00:20 , Blogger Luiz Souza disse...

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • Às 9 de março de 2015 00:28 , Blogger Luiz Souza disse...

    Quando a bicharada determinou que o Marcelinho Carioca deles fosse chamado de Lucas (hoje no PSG), a imprensinha acatou sem discussão. Dois clubes que sempre se auxiliaram, ao ponto de um ceder o caríssimo Pato ao outro. Qual seria o problema de homenagear o menino com o nome do maior jogador da história do broder alvinegro?

     
  • Às 9 de março de 2015 08:15 , Anonymous Marco disse...

    Não comentei sobre tempo de contrato de jogador e muito menos avaliei a condição de nenhum deles.
    Minha observação foi sobre a atitude infantil de rotular negativamente jogadores do Palmeiras, que são patrimônio do clube.
    Repetir os rótulos negativos que a imprensa estipula para nossos jogadores com o objetivo de desvalorizá-los.

    No restante, não vejo a necessidade e a capacidade para determinar a condição inadequada de um jogador, antes de se ter condições reais de avalia-lo.
    Lembro que no ano passado a imprensa forçava a imagem de que todos os argentinos contratados não tinham condição de jogar pelo Palmeiras e pelo que estamos vendo não é bem assim.

     
  • Às 9 de março de 2015 10:34 , Anonymous Anônimo disse...

    Alcides,

    Só não dá para acreditar que o OO insiste no tal de Maikon Leite.

    Prefiro o Highlander ou o Gabriel Leite!

    Abraço! Hudson

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial