Observatório Alviverde

14/03/2015

MILTON NEVES ABASMA, NOVAMENTE, O PALMEIRAS EM SEU BLOG!


 Image result for menosprezar

O XV de Novembro de Piracicaba, o conhecido Nho-Quim, adversário do Palmeiras de amanhã, já foi grande, um portento, um dos maiores clubes do interior do Brasil.

Mas, isto, antes que Pelé, Kfoury, Milton Neves, Flávio Prado e a maior parte dos cronistas esportivos paulistanos, decretassem, mediante autoria ou apoio, a  morte dos clubes e a falência legalizada do futebol interiorano, através da famigerada Lei Pelé.

Interessante é que, maquiavélicos, irônicos e jactanciosos, todos eles, agora que têm consciência da "merda" que fizeram, tentam, hipocritamente, atribuir a outros a crise técnica, sem precedentes, que plantaram no futebol brasileiro. 

Milton Neves, com a maior desfaçatez, disse, hipocritamente, há duas semanas , que a FPF houvera fechado 43 clubes do interior de São Paulo.

Tremenda cara de pau de quem não quer assumir, ao menos, a própria parcela de culpa no processo liquidação do futebol do interior e da elitização do futebol brasileiro, temas os quais ele continua defendendo ingente e veementemente.

Em verdade, deveria dizer o contrário. Não fossem as federações estaduais e o futebol interiorano, de há muito, seria, apenas, fotos, quadros na parede, posteres antigos, recortes de jornal, sites na Internet como o "Que Fim Levou" e papo de saudosistas. 

As federações, é óbvio, por interesse e necessidade de sobrevivência, é que seguram essa barra e mantêm em estado de letargia ou hibernação os clubes que conseguem se manter, contra tudo e contra todos!

Outro dia, o mesmo Neves, em plena TV, desancava, desvirtuava e desvalorizava o Paulistão, afirmando que era um torneio modorrento e desnecessário.

Para aqueles que não conhecem a expressão, modorrento significa sonolento, pois vem de modorra, que é, justamente, aquela moleza, preguiça, apatia ou indolência que se manifesta geralmente depois de refeições pesadas

Será que a direção da Band "o chamou no curé" em face dele estar desvalorizando o melhor produto esportivo da casa, depois do Brasileirão? Apesar do craque (HAHAHAHAHAHA) Neto...

Na ânsia de aparecerem como modernos, como "cronistas de vanguarda", os caras não respeitam nem a emissora que os emprega e que os paga! O que eles são, mesmo, são "cronistas do atraso", para não dizer do arraso, absolutamente demodês! Se eles não existissem o futebol seria muito melhor...

Todos esses caras, Milton, Kfoury, Prado e a maior parte dos cronistas paulistanos, conseguiram acabar, em um único golpe, o futebol interiorano, a crônica esportiva interiorana e, principalmente, o futebol brasileiro.

Vou repetir, agora, o que disse outro dia: puros e ingênuos cronistas interioranos, muito bem intencionados (Como dizia Willy Gonser, de bem-intencionados o inferno está cheio), porém dignos de pena (a maioria), convidam esses pavões midiáticos visionários para que visitem as suas cidades, a fim de homenageá-los, não se sabe a título de que. 

Então, os colocam nos melhores hotéis, com carro último tipo e cicerones à disposição, tecem-lhes loas, elogios, destacam-lhes as virtudes e enchem de carinho e reconhecimento os seus colegas midiáticos paulistanos.

Em suas santas purezas e intenções, promovem reuniões comemorativas nos melhores clubes de suas cidades, acompanhadas de lautos regabofes, regados com as melhores bebidas, com direito, às vezes, até, à cidadania local.  

Tudo, é óbvio com transmissão ao vivo, por rádio e tv, com direito, no outro dia, às primeiras páginas dos jornais e na semana seguinte, às capas das revistas!

Só não se lembram os nossos inocentes irmãos interioranos que esses caras de quem eles tanto gostam e a quem tanto respeitam e admiram, (perdoem-me pela expressão chula mas não há outra mais apropriada), "foderam" completamente, as suas cidades, as suas profissões, a eles próprios e todo o futebol do interior. E continuam fodendo!

Sem a força dos times do interior, sobretudo os de São Paulo, Rio, Minas, Paraná, Bahia, Mato Grosso(s), Goiás, Santa Catarina, e Rio Grande do Sul, o futebol brasileiro, hoje, revela menos jogadores,  do que o futebol colombiano ou de qualquer país de médio porte.  

Excluo a região norte pois o futebol nos dois maiores estados resume-se a Manáus, Belém e as suas respectivas regiões metropolitanas.

Os ex-territórios, hoje, todos, estados, servem para abastecer (até que cresçam em importância), os times das cidades interioranas dos estados de maior relevância, na escala ascencional consequente.

A região nordeste está fora do contexto, porque a maior parte dos estados, economicamente, é limitada.  Além disso, as poucas cidades mais importantes, da região, além de  interligadas às capitais, ainda mantém, com sacrifício, os seus times de futebol, em face dos estaduais motivados que conseguem realizar e de torneios interestaduais de integração como o Nordestão.

A crônica falta de renovação de valores no futebol brasileiro é decorrente da falta de clubes que absorvam o mercado. 

Mas como os clubes interioranos poderão sobreviver se não jogarem contra os grandes? Que ninguém argumente que na Europa, Asia, China, India ou em outro mercado é diferente, pois em todo e qualquer lugar do mundo é assim.

A falta de um mercado abrangente, como existia antigamente, é o fator determinante da diminuição do número de jovens que tentam a sorte na profissão. 

Em razão disso, não temos mais quantidade de praticantes suficiente como em outras épocas, para, dela, subtrair a qualidade, considerando, também, que os clubes são escolas de futebol onde os jogadores aprendem e aprimoram as técnicas do jogo. 

Sem clubes não há futebol. Sem regionais fortes e jogos contra os grandes, não há clubes. Sem os clubes o futebol brasileiro estará condenado, se não a morrer,  mas a se apequenar e definhar, cada dia, mais!

A escola elementar do futebol de rua, há anos terminou, em face da chegada do asfalto e do progresso. A salvação, hoje, está restrita aos clubes e os clubes têm de ter condições para sobreviver e isso só será possível se participarem de torneios com os grandes!

Em última análise, os campeonatos estaduais têm de incentivados, prestigiados e elastecidos, com a ressurreição das grandes praças que os abrigavam nas décadas de 60, 70 e 80, do século passado. 

Os regionais, por sua vez, deveriam ser disputados concomitantemente ao Brasileiro e apenas por quem fizesse boa campanha nos estaduais. Simples assim.


COMENTE COMENTE COMENTE

TV

 AINDA A RESPEITO DE MILTON NEVES

 

A provocação não é do XV e nem parte da torcida quinzista, mas de Milton Neves, inimigo figadal da SE Palmeiras, dos palmeirenses e de seu time.

Quem quiser ler a matéria, acesse:

http://terceirotempo.bol.uol.com.br/noticias/xv-de-piracicaba-provoca-o-palmeiras-cafe-com-bacon

Depois os jornalistas dizem que nós, palmeirenses, nos preocupamos, demais, com a mídia e que n-ó-s temos mania de perseguição. 

A provocação não vem de Piracicaba, mas é da lavra de um cronista que se autoproclama isento, mas não tem o menor pejo em torcer, abertamente, contra o Palmeiras ainda que em pleno exercício da profissão.

Mas quem acredita ou pode acreditar em Milton Neves, um gênio que renunciou à genialidade e dela abriu mão para cumprir o rebaixado e triste papel de histrião, ao vídeo e ao microfone.

Profundamente lamentável!

Já que MN é o assunto de hoje, fiquei com raiva do Boechat, há algumas semanas, por uma matéria que li na Web, de uma repreensão que ele passou, em pleno ar, a Neves, acusando-o de estar fazendo um merchandise.

Além de ter ferido a ética da profissão, ao colocar no ar uma questão que, em primeira análise, não era de sua alçada e só interessava internamente, Boechat, arrogantemente, deu uma de dono da Bandeirantes.

Mas a razão de minha desaprovação à atitude de Boechat, é porque eu valorizo profissionais como Neves que vão à luta buscar os patrocínios que sustentam a profissão e os postos de trabalho.

Ficar atrás de uma mesa ditando regras ou fazendo pose à frente das câmeras após ter passado pela sala de maquilagem, é fácil e, até, prazeroso.

Dificil é pegar um telefone, discar para um cliente e ser ou não atendido.

Difícil é pegar um carro, enfrentar os engarrafamentos, os estacionamentos, viajar, às vezes, muitos quilômetros, visitar um possível patrocinador, ser ou não recebido e em caso positivo, arrancar, após encarniçadas negociações um comercial que mantém a emissora no ar e os postos de trabalho.

O profissional vendedor, mais do que respeitado, tem de ser considerado, aplaudido e, nunca, colocado na condição de humilhação e inferioridade com que Boechat, sem a menor autoridade moral para tal,  colocou MN.

Na real, o que ocorre é o seguinte: como o profissional vendedor acaba faturando mais do que aqueles ditos, exclusivamente, artistas, gera manifestações de revolta, deseducadas, que, muitas vezes refletem inveja e despeito!

Desde que passe longe dos clubes, dos dirigentes, das federações e atue distante de sua esfera de trabalho, sem se envolver ou comprometer com ninguém ligado ao profissional ou à profissão, qualquer radialista ou jornalista tem o direito líquido e certo de vender publicidade, pois estará comercializando espaços comerciais e, não, vendendo opinião! (AD)

19 Comentários:

  • Às 14 de março de 2015 09:27 , Anonymous PAIXÃO CLOROFILA disse...

    Este senhor que não tem caráter e virtudes morais quais elas sejam, é um "cômico" para quem gosta de baixaria, até sua voz é de menosprezar, pois nunca falou nada com nada, para piorar ainda tem ao seu lado o Neto, que jamais foi jogador de nome ou coisa que o valha , assim sendo, se eu fosse ele omitira opinião de quem quer que seja, para você falar de alguém o que já não é correto, deveria ter sido exemplo em algo, agora eu pergunto: ambos foram ou são exemplo de que?? Que saudade dos antigos apresentadores e comentarístas esportivos, pessoas íntegras e honestas!!!

     
  • Às 14 de março de 2015 09:33 , Anonymous VERDE PAIXÃO disse...

    Verdão deverá passar por cima de mais esta baixaria e demência desta pessoa que me recuso a citar o nome, não podemos ecoar tal situação pois é isto o esperado pelo mau caráter e descompromissado para com a verdade e correto profissionalismo.
    Que nosso verde passe como trator sobre os adversários e chegue melhor preparado ao mata mata, só assim, nós estaremos sendo respeitados por estes canalhas da vida esportiva.

     
  • Às 14 de março de 2015 09:54 , Anonymous SOU VALDIVETE SIM!! disse...

    Como não dizer que "Valdívia" não seja o cara? Caso não aceitem a minha definição de "craque" que ao menos o identifiquem "muito acima da média". Não jogando e pelo que vemos temos a completa certeza de que com ele o time é outro e adversários se tornam outro, na verdade não dormem em pensar maneiras de detê-lo em campo, quantas vezes vimos isto, com porrada em cima de porrada com a conivência da arbitragem por inúmeras vezes e cegueira disfarçada da imprensa. Jogando então a confiança de todos nós verdadeiros palmeirenses é outra, pelo menos comigo, jogadas fora do normal, dedicação em cada lance, passes que enchem nossos olhos e deixam adversários boquiabertos. Me desculpem a todos que não pensam como eu, más "Mago" jogando ou não "sempre será lembrado"!!

     
  • Às 14 de março de 2015 09:59 , Anonymous Fernando disse...

    Sinceramente acredito no Palmeiras, temos um elenco nos dias de hoje com várias opções ao técnico, tenho convicção de que com entrada do Mago nosso time será o que esperamos que seja, temos Xavier que também fará a diferença. Vamos confiar e crer, pois veja bem!! quais dos adversários podemos falar que tem o que temos? Elenco e reservas? Nenhum deles ao meu ver, o diferencial é que jogam a mais tempo juntos e nada mais, entrosamento nós também conquistaremos, basta termos a famosa paciência e calma!!! Às vezes eu me dou conta e já estou criticando, más conto até 10 ou 100 e reflito..será que ainda não é cedo demais para time recém formado? Gostamos de ser imediatista e resultados para ontem, dado os últimos anos, tivemos fatalidade e jogadores estão nos conhecendo, todas as entrevistas dizem de "nossa torcida", vem de times com torcidas infinitamente inferior a nossa, estão assustados, nós vamos incentivar e apoiar, que eles façam tão somente sua parte!! O tempo é o melhor remédio, nas derrotas vamos tirar as lições para vitórias que com certeza virão.

     
  • Às 14 de março de 2015 10:06 , Anonymous VERDE SEMPRE disse...

    "Explicar a emoção de ser palmeirense, a um palmeirense, é totalmente desnecessário. E a quem não é palmeirense... É simplesmente impossível!".
    Joelmir Betting (eterno palmeirense!!!)

     
  • Às 14 de março de 2015 10:18 , Anonymous Palmeiras todo dia disse...

    Gabriel de Jesus deveria ao mínimo jogar 45 minutos, não sei se estará relacionado, más deveria fazê-lo, pois acredito que este menino, tem a cara e coração do verdão. Avanti Palestra!!!

     
  • Às 14 de março de 2015 10:19 , Anonymous JJ disse...

    EU ASSISTO O JORNALISMO DA BAND DA RECORD E às VEZES ATE DA RGT.
    ESSE BOECHAT ELE FAZ A SUA MÉDIA COM
    OS POLÍTICOS NO JORNALISMO ELE "BATE" e
    DEPOIS ASSOPRA.

    LEVOU MUITO TEMPO MAS DESCOBRI QUE MILTON NEVES E JOSÉ SILVÉRIO ENTRE OUTROS NÃO TEM HÁ UM BOM TEMPO MINHA
    AUDIÊNCIA!... NÃO SÃO IMPARCIAIS

     
  • Às 14 de março de 2015 10:30 , Anonymous JJ disse...

    ESSE BOECHAT FEZ A MAIOR FUMAÇA QUANDO
    INTEGRANTES DA TORCIDA DOS GAMBÁS FORAM
    PRESOS NA BOLIVIA POR MESES POR TEREM
    CAUSADO A MORTE DO GAROTO KELVIN ESPADA

    ESSE BOECHAT SÓ FALTOU IR EM BRASÍLIA
    CONVERSAR COM O EMBAIXADOR PESSOALMENTE
    PARA QUE LIBERTASSEM OS ASSASSINOS.

    APÓS 6 MESES FORAM SOLTOS E AQUI NO BRASIL OS MESMOS JÁ ESTAVAM CAUSANDO

     
  • Às 14 de março de 2015 10:40 , Anonymous jj disse...

    BOECHAT É FLAMENGUISTA MILTON NEVES SE
    DIZ SANTISTA.
    FLAMENGO UM LIXO É O PROTEGIDO DA CBF
    STJD E DA RGT E DE QUEBRA MAMA NA CAIXA

    O SANTOS NEM COM O DITO "REI PELE" nem
    COM ROBINHO E NEM COM NEYMAR A TORCIDA
    É UMA DAS MENORES EM TODAS AS LISTAS DE
    PESQUISA ESTA EM DÉCIMO QUINTO AINDA TO
    SENDO BONZINHO.MÁS TEM MEU RESPEITO!

     
  • Às 14 de março de 2015 10:51 , Anonymous jj disse...

    QUANTO AO CAFÉ COM BACON O BOECHAT DE CERTO MODO TEM RAZÃO AFINAL O BRASIL
    É UM DOS MAIORES EXPORTADORES DE CARNE
    SUÍNA DO MUNDO E PARA OS PRODUTORES O
    CAFÉ COM BACON FOI UMA DIVULGAÇÃO DO
    PRODUTO DE EXPORTAÇÃO dos CRIADORES.

    AGORA DUVIDO CITAREM OS BAMBI OS GAMBA
    E URUBÚS NO PROGRAMA DELES.

     
  • Às 14 de março de 2015 11:08 , Anonymous jj disse...

    QUER SABER! PORCO! PORCADA! bacon!
    GUARANI DA CAPITAL! NÃO PEGA NADA!...
    tamo vacinado!

    ALIÁS LI UM ARTIGO A UM TEMPO ATRÁS QUE
    A TORCIDA DO VERDÃO TEM AUMENTADO!COMO
    Se EU NÃO SOUBESSE!!
    NO MESMO ARTIGO DIZIA QUE A TORCIDA DOS
    BAMBI TEM DIMINUÍDO AI JÁ NÃO FOI
    SURPRESA É FATO!kkkkkkkkkk

     
  • Às 14 de março de 2015 11:19 , Anonymous jj disse...

    JÁ SOMOS MAIS DE 100.000.00 SÓCIOS E OS
    NÚMEROS TÃO SUBINDO ISSO É O QUE CONTA!

    NÃO TEMOS ESTATAIS TIPO: CAIXA OU
    PETROBRAS OU BNDES NOS FAVORECENDO O
    QUE CAUSA AO INIMIGO (BAMBI) E ADVERSÁRIOS UM CERTO MAU ESTAR!kkkkk

    O QUE É MAIS LINDO É QUE TEMOS EM NOSSO
    MANTO AS CORES DA PÁTRIA QUE UM DIA
    FOMOS A SELEÇÃO

     
  • Às 14 de março de 2015 13:23 , Anonymous VERDÃO INCONDICIONAL disse...

    RELACIONADOS PARA AMANHÃ:
    Goleiros: Fernando Prass e Aranha
    Laterais: Zé Roberto, Lucas e João Paulo
    Zagueiros: Tobio, Vitor Hugo e Jackson
    Volantes: Arouca, Gabriel e Renato
    Meias: Robinho, Allione e Ryder
    Atacantes: Dudu, Cristaldo, Leandro Pereira e Gabriel Jesus
    PARA CIMA DELES, GABRIEL JESUS SERÁ O CARA, BASTA O.O. DAR A CHANCE QUE TODOS ESPERAM, NO MÍNIMO 45 MINUTOS.

     
  • Às 14 de março de 2015 13:50 , Anonymous VERDE SEMPRE disse...

    É PARA CORAÇÃO DE LEÃO:
    Cadê o João Pedro e Victor Luís? De novo com Lucas e João Paulo, esta eu não aguento não, quero ver o time titular que este brilhante treinador vai escalar...pelo jeito...acredito que os japonêses poderiam ter feito um favor em levá-lo. Preparem-se para fortes emoções!!!

     
  • Às 14 de março de 2015 14:55 , Anonymous victor tredenski disse...

    AQUI EM PIRACICABA

    SOU ASSINANTE DO JORNAL LOCAL

    ALIAS DE DOIS

    GAZETA E JORNAL DE PIRA

    E NENHUMA DELAS

    MOSTROU ESSA PROVOCAÇÃO ABSURDA

    NAO TEVE REPERCUSSÃO NENHUMA DISSO AQUI

    É FRUTO MESMO DE CABEÇAS DOENTES DESSES JORNALEIROS AI EM SP

    E OLHA QUE AQUI A TORCIDA DO XV É FANATICA

    APAIXONADA

    E PRESENTE

    COMO A DO PALMEIRAS

    E TAMBÉM A DOS GAMBÁS SUJOS IMUNDOS, JUSTIÇA SEJA FEITA

    E A IMPRENSA LOCAL DEFENDE O XV COM UNHAS, DENTES, MORDIDAS, FACÕES

    O QUE FOR

    NADA PARTIU DAQUI

    NADA

     
  • Às 14 de março de 2015 17:02 , Anonymous Pastor Palmeirense disse...

    Realmente são os mesmos fdp que procuram se auto-promover ou que demais meios de comunicação tomem partido e ajudem também a propagar estas m..d@as que produzem. São verdadeiros ignorantes e vagabundos do cenário esportivo. Fico aqui pensando: como pode meios de comunicação contratarem estes caras? Acredito que os patrões não devem valer nada também!!!

     
  • Às 14 de março de 2015 17:34 , Anonymous VIM E VENCI!! disse...

    Em 2009, Obina e Maurício brigaram no jogo entre Palmeiras e Grêmio e ambos foram expulsos, em que pese serem do mesmo time. Mesmo critério, já! Sheik agrediu colega do Corinthians, qual seja, o árbitro, portanto, vermelho para ambos.
    Êta nóis...hein!!!?

     
  • Às 16 de março de 2015 18:25 , Blogger Luiz Souza disse...

    Bem, a bronca do Boechat foi justamente porque MN estava fazendo merchandising gratuito para J. P. Diniz, que não é exatamente nenhum porteiro de prédio. O que o apresentador disse ao bufão mineiro foi: se é pra sorver o escroto de gente bilionária, no programa de outrem, que ao menos cobre por isso. A meretriz de Muzambinho parece ter desaprendido o básico da profissão.

     
  • Às 16 de março de 2015 18:26 , Blogger Luiz Souza disse...

    Bem, a bronca do Boechat foi justamente porque MN estava fazendo merchandising gratuito para J. P. Diniz, que não é exatamente nenhum porteiro de prédio. O que o apresentador disse ao bufão mineiro foi: se é pra sorver o escroto de gente bilionária, no programa de outrem, que ao menos cobre por isso. A meretriz de Muzambinho parece ter desaprendido o básico da profissão.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial